POESIAS

VOLTAR

Gata escalada

Gata escaldada

Lembrando aqui dos ditados
dos adágios e rindo
um pouco de mim de um tempo que afirmava: comigo não violão...
Pois, bem chegou a dita
"idade sem maturidade'
solidão sem razão" como não  bastasse
ou fosse pouco
sou infantilizada;
a cada, passo...
tão, tão!
Admiram ou ironizam?
Já  nem sei.
O que não pode mesmo é  contestar
por razões óbvias
— medo do asilo
Sei não se me porão, mas por vias  melhor é  manter-me
palhaça como era costume dizer no meu tempo
e que nesse está muito em moda.
— Sigo gata escalada. 

Lina Ramos. 

Lina Ramos Autor Lina Ramos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE