POESIAS

VOLTAR

Letras que saciam

E dareis conta de cada palavra inútil
Foi dito pelo meio humano do Criador
Verbalizado, a lição de escutar é difícil
O eco do espírito, no labirinto, sente dor

Mas cada letra é um presente certo
Muito valioso a quem dela souber usar
Diamante lapidado, se visto bem de perto
Letras são deusas do ato de comunicar

Pensamento, som e seu desenho
Ponto, reta e círculo de objetos
Nasce a tradução do que já tenho

Toques e fumaças... irmãs distantes
das palavras – fonte material dos desejos
Que no Verbo tens os alimentos saciantes

Divaldo F S Filho Autor Divaldo F S Filho MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE