POESIAS

VOLTAR

ARREPIO DA ALMA

ARREPIO DA ALMA

Noite sem estrelas,
Arrepio de alma
Saindo da vida
Acabada de morrer.

Noite aflita, não dormida
Antes do amanhecer
Arrepio passou
O dia vai sobreviver.

João Freitas Filho Autor João Freitas Filho MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE