POESIAS

VOLTAR

Viver

Anjo de luz se faz na distância, borboleta cega no casulo
Metamorfose no tempo, paz, constância, luz pro espaço
Caverna posta, lá fora, baderna me cerca, tudo escuro
Mente aberta, janela nua, porta aberta, eu que me faço

Divaldo F S Filho Autor Divaldo F S Filho MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE