POESIAS

VOLTAR

Sertão




Aqui onde a terra
beija o céu
o ar é puro
e o firmamento azul,
oriento-me pelo
cruzeiro do Sul.

As nuvens desgarçadas
é o teu véu.

A caatinga que chora
e geme como réu.

As dunas que
o vento não levou.

Onde o sol fere a terra,
onde a chuva traz a flor.

O meu canto é do sertão.
O meu canto é de saudade.
O meu canto é
sentimento de amor.

Junior Mariano Autor Junior Mariano MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE