POESIAS

VOLTAR

Sextilhas

Dança é meio e fulga
Falou bem meu coração
Eram tristes os meus dias
Firmes na imposição
Um basta tudo virou
Saltei àquela solidão

Viemos pra decidir
Meu corpo todo pedia
Insinuar outros modos
Mas onde me caberia
Se gemesse ou chorasse
O instrutor desistia

Sem por mais intervenção
Decidida pus de lado
Lembrei os pares da dança
Às alegrias do passado
A timidez me puxou
Descartei o seu recado

Foi pra mim celebração
Em dois tempos fui cordão
A condutora soldado
Somos como são irmão
Se cai um o outro panha
Seguro em nó de mão

Assim eu perdi às dor
Vou ao doutor a passeio
Sarei com amor vinho pão
Deu certo já sou recheio
Ajuntei e me dividir
Idade não interveio

Somos todos só aprendiz
Não há um maior valor
As quedas que eu levei
Revela só como sô
Quem vai para ensinar
Não pensa ser professor.

Lina Ramos.

Lina Ramos Autor Lina Ramos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE