POESIAS

VOLTAR

Mera Fantasia

É em você que desvario
Reconto passos atrás
Me arrependo das pegadas
E outra vez desejo teus olhos
Enquanto finjo travessuras
Eu que nunca fui faceiro
Noites a fio sou príncipe
De uma ilusão tão efêmera
Que dura somente os dias
Os quais não nos entreolhamos
Entre os vidros e metais
E aquele bom dia, despedida
Queima minhas asas fantasiosas
Tal qual Ícaro e sua cera
Neste frio nessa penumbra
Talvez sonhe tão distante
Que serás meu sol.

Douglas L A Campos Autor Douglas L A Campos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE