POESIAS

VOLTAR

ATÉ QUANDO...

ATÉ QUANDO...

Autor: Edimar Luz

Calar-me-ei como um sino que não dobra mais...
Até quando, não sei!
Poderá ser no dia em que
A flor mais linda ressurgir no meu caminho!
Vivos estamos... Espero-a sem demora!
A esperança brilha no meu coração,
E sei que a estrela linda voltará a brilhar,
Iluminando a minha estrada...
Estrada do amor...
O amor é como a planta:
Precisa de luz!
E o sino voltará a dobrar,
Como em dia de festa!
E viva a vida!

Todos os Direitos Reservados ao Autor




Edimar Luz Autor Edimar Luz MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE