POESIAS

VOLTAR

Cura


Cura-me teu abraço
A palavra dita em noites intranquilas
E cada gesto que fica a absorver
Meus lamentos e descrenças
Aniquilando tudo que me corrompe.

Hoje lentamente me desfaço
Em velhas canções antigas
Tentando sutilmente entender
Essas e outras ausências
Que a toda promessa rompe
E toda saudade aniquila.

Rubens Scapone Autor Rubens Scapone MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE