POESIAS

VOLTAR

Bagunça emocional

Bagunça emocional

Faz-se necessário, elucubrar sobre o agora
Esquecer o que há lá fora, entrar em si e fechar a porta
Encontrar-se com sigo mesmo e lembrar de ser um só
Respeitando os limites e desfazendo todo nó
Que amarras onde não deveria, causando liturgia ao esgotamento
E num turbilhão de sentimento, te malogra sem alento
É hora de fazer uma faxina intrapessoal
Hora de arrumar, a bagunça emocional

Matheus Cardoso Autor Matheus Cardoso MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE