POESIAS

VOLTAR

LIBÉLULA

LIBÉLULA

LIBÉLULA

Fusiforme corpo caracteriza-a
Olhos que trafegam sobre mim
Planas sutilmente fauna e flora
Asas semitransparentes movem
Entre partículas de poeira e luz
Transitas tu e perfazes imediações
De água estagnada te serves
Sob larvas propagas tuas ninfas
Desde o Paleozoico linda era
Onde bailastes pela primeira vez
Expelindo essência que até hoje
Converge e desperta admiradores
De angelical e magnética libélula

Jonnata Henrique 30/01/18

Jonnata H Marinho Autor Jonnata H Marinho MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE