POESIAS

VOLTAR

Na porta da fé

Já passa da meia noite.

Fielmente os infiéis
depositam sua fé.

O filho de Deus
foi servido como pão
e como vinho.

E as portas agora se fecham.

O filho da rua
recorre a lixeira
e o cão,
levou todo o pão.

Puxa o jornal pra cima
se encosta na porta da fé,
sob a proteção divina.

Lina Ramos.

Lina Ramos Autor Lina Ramos MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE