POESIAS

VOLTAR

Como ele

Desde sempre
Ele sempre soube
Que era diferente
Diferentemente
Das pessoas ao redor
Que eram as mesmas
Todas iguais
Ele sempre foi assim
Nunca imaginava diferente
Ser igual
Então abriu sua mente,
Fechou o mundo
E assim foi vivendo,
Sempre morrendo
Ganhava esperança
Quando perdia confiança
Gostava do outro
Odiado pelo mesmo
Julgado por todos
Aquele que nunca sentenciou
Só queria viver para amar
Não importa quem
Mas seu amor não é certo
Errado está por ser livre
Presos por esta ideia antiquada
Ele já cansou dos olhares
E não vai mais fechar os olhos
Quem pode impedi-lo?
Ele só quer ser feliz
Se você é menino,
Como ele,
E gosta de meninos,
Como ele,
Está errado,
Como ele.
Se você é menina
E gosta de meninas,
Simplesmente está errada,
Como ele.
O certo é o já adquirido
Não pode pensar por si só
Se você for diferente
Está errado, como ele
Se você pensa,
Te julgam
Não há outro modelo,
Outro jeito
Tudo já foi feito
E você tem que aceitar assim
Porque gostar de meninos e meninas
Quando se é um deles
É errado
Porque o certo é o ódio
A outro ser humano
Quando se ama, se erra
Então declarem guerra
Por que nós
Não vamos mudar

Rudi Henrrique Autor Rudi Henrrique MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE