POESIAS

VOLTAR

Ao amor constante

Ouça o silêncio gritante
Enxergue a escuridão alarmante
Fale com o vazio penetrante
Sinta o restante

Dessa forma você saberá
Quando de apaixonar
Provavelmente se perderá
Mas algo certo te encontrará

Não tenha medo
Não há segredo
Não pense ser muito cedo
Não tem outro jeito

Agora tudo é um turbilhão
Não há só uma sensação
Saia do chão
Se entregue a essa paixão

Simplesmente se entregue ao amor constante
Você jamais, em toda sua vida, se arrependerá
Seu coração sempre se manterá aceso
Você só precisa ter coragem e pegar a minha mão

Rudi Henrrique Autor Rudi Henrrique MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE