POESIAS

VOLTAR

P O E S I A

P O E S I A

Alheia a intempéries
Ao redor
Um desabrochar de flor
Que seja
A poesia segue silenciosa
Instigante e pacientemente
A povoar nosso vazio
Nosso caos diário
As vezes sem causa aparente
Mas nos aflige

Acontece de apenas olhos cegos desejarem ver...


CINEN DE SOUSA

Cinen De Sousa Autor Cinen De Sousa MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE