POESIAS

VOLTAR

Metamorfose Osmótica

Entorpecido e entediado
Só penso no passado
Não sei viver o presente
Sempre fico ausente
Abstraio-me de sentimentos
Consumo todos os arrependimentos
Torno-me o que não aconselho
Escondo-me atrás do espelho
Não lembro do meu rosto
Não tenho o mesmo gosto
Sofri metamorfose
Lentamente, por osmose
Dividi-me em pedaços
Sobraram apenas cacos
Que me machucam
Que me mudam

Rudi Henrrique Autor Rudi Henrrique MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE