POESIAS

VOLTAR

Sólido

Minha tristeza
Me fez feliz
Toda a beleza
Que nem sempre quis
Foi embora
Preencheu o vazio
Onde estou agora?
Num local hostil

Minha família
Me asfixia
Essa ironia
Me alivia
Do meu futuro
Nesse caminho
Um tanto duro,
Percorrer sozinho

Sem direção
Estou perdido
Não tenho opção
Perdi o sentido
Mas não paro
Preciso seguir
Não reparo
Preciso existir

Meu ego
Tão afiado
Me deixou cego
Só, isolado
Procuro redenção
Em minha companhia
Encontro solidão
Tão mesquinha

Rudi Henrrique Autor Rudi Henrrique MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE