POESIAS

VOLTAR

Morte

A morte está a espreita
Esperando o momento
Para realizar a colheita,
Consumar o sacramento

Ela o acolherá,
O manterá seguro
Aos poucos deixará
Seu sangue puro

Ela é sua redenção
Não há chance,
Sua única salvação

Sempre ao alcance
Sua nova paixão
O eterno romance.

Rudi Henrrique Autor Rudi Henrrique MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE