POESIAS

VOLTAR

Só seja você!

Sociedades devoradas por ódio, pessoas vivendo em um pódio, poemas são tão métricos quanto o idealismo moral atual, assim diante dos fatos a minha volta reflito cético de tais ambições, ou no caso apenas ganâncias cegas, que resultam nesse distanciamento misantropo.
Estão cegos frente a realidade de suas existências, movidas unicamente por propósitos predefinidos, abrem mão de suas liberdades por obsessões que não são suas, realidades construídas como uma especie de muro autoritário e aristocrata. Felizmente muros podem ser saltados.
Abram os olhos e olhem aos céus, abras os olhos e o que te prende ao chão? nenhuma dessas prisões são reais, são "apenas mais um tijolo no muro" da sua mente, liberte-a... Faça dela uma arma contra toda a hipocrisia que te rodeia, todo o desamor que te corrompe, viva verdadeiramente como é ter asas, só então nenhum muro poderá te parar.

Só seja você irmão!



Ícaro De S E S Autor Ícaro De S E S MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE