POESIAS

VOLTAR

Delírio

As pessoas se preocupam muito
as vezes não se importam realmente
presas de um predador imundo
mundo em tormento dormente

ninguém deve ser o que é
estava implícito nas regras
e se você parar pra ser o que é?
arrancar do peito essas ferpas

mas a roda de ninar continua a tocar
essa valsa triste que dita o ritmo
essa falsa crise que prende o grito
de amor pra nunca lembrar o que é amar

passos contados, vidas em martírio
aqui onde a liberdade é só um delírio
onde viver pra ser é loucura
viver pra ter é cultura...

Ícaro De S E S Autor Ícaro De S E S MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE