POESIAS

VOLTAR

O Nascimento de Eros

Hoje resolvi escrever alguns clichés
pois não há quem viva apenas do abstrato
preciso de algo palpável
pra que eu possa agarrá-lo
sentir com o tato sua textura
e enchê-lo-ei de adjetivos

Hoje acordei admirando o belo
que o amor ousa buscar pra si
ainda que não seja digno
pois é filho da penúria
e anda jogado ao chão nú
enquanto o enchemos de algo
que a ele nunca há de pertencer

Eu hoje olhei a imensidão
que a mim também não pertence
fitei o sol nascer no horizonte
ali me vi pequeno como o pó
efêmero como um sopro
e um universo de emoções.

Ícaro De S E S Autor Ícaro De S E S MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE