POESIAS

VOLTAR

Transa de almas

Pele, boca...
corpos que se tocam
na dança sensual
do desejo.
O beijo
e a vontade de querer-te mais
de possuí-la
de tê-la só pra mim.
Mãos que passeiam
Tocando intimamente o corpo
Deixando-o molhado
De desejo...
O deslizar dos lábios
Na pele eriçada
De prazer
Percorrendo todas as curvas
E atalhos no seu corpo nu
Gemidos e pedidos
Para que não continue
A transitar nas ruas da loucura
Nas avenidas da sensualidade
A transa de almas postas na cama
O vaivém de movimentos ritmados
Provocando viagens ao céu e ao inferno
Ahhhh!!! a satisfação dos dois
Que morrem e renascem
Grudados nos braços do amor.

Antonio Oliveira

 Antonio Oliveira Autor Antonio Oliveira MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE