POESIAS

VOLTAR

A terra

É na terra árida que a enxada invade a insistir;
Fazer os buracos em fileiras ordenadas para a semente encontrar seu lugar, dali brotar, nascer, crescer o alimento;
Com sua beleza que vai parar em nossas mesas.
É agro;
É saúde germinando o alimento que vem para nutrir;
Somos filhos da terra,
Do sol do Equador,
Da mãe natureza
Feitos com muito amor.
Somos frutos de um novo semblante,
Em cada manhã,
Nascemos como um brilho de um novo sorriso;
Que a letra sai juntando-se canonicamente;
Poeticamente;
Liricamente,
A compor.
Os versos são dignos;
A formar as estrofes;
Seu grupo construindo alegria,
No ritmo das rimas,
A deusa Chamada Poesia!

Marinalva P De S Autor Marinalva P De S MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE