POESIAS

VOLTAR

Ouço o silêncio e não me empolgo.

Tenho ouvido o silêncio e não me empolgo!
E apesar de eu não ser um eterno feliz,
Meu coração não se dispõe a cultivar ódio,
Tal sentimento em mim não cria raiz.

De forma incontida tenho vivido de sorrisos
Logo quando me falta um, eu definho.
O brilho em mim se esvai por um triz,
Eu lamento tudo isso com vontade!

Mas, eu vos digo com a plena verdade.
É melhor ficar com toda esta saudade,
Do que ter você sem ser o que você quis.

A saudade passa e dará uma linda poesia.
Mas, se você ficar ao meu lado sem querer,
Me dará tão somente uma vida infeliz!

NUNES, Elisérgio.

Elisérgio N Cardoso Autor Elisérgio N Cardoso MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE