POESIAS

VOLTAR

Um poema simples

Sabe o que eu queria da vida?
um poema simples
sensacionista
natural
que fale de amor metafisicamente.

Sabe o que eu queria da vida?
uma saudade besta
presente
casual
quem sabe até fingida.

Sabe o que eu queria da vida?
uma estrada de terra batida
vazia
suja
pelo menos um caminho pra seguir.

Sabe o que eu queria da vida?
uma noite de sono
eterno
pacífico
talvez um sonho sem fim.

Sabe o que eu queria da vida?
um banho gelado
segunda-feira
5:30 da manhã
pra curar a ressaca de existir.

Sabe o que eu queria da vida
uma cadeira velha no quintal
o chão úmido
o vento
uma ausência.

Sabe o que eu queria da vida?
o meu filho sempre criança
o riso puro
o sono santo
o sentido de envelhecer.

Sabe o que eu queria da vida?
a taça transbordado
a mesa vazia
a lágrima gélida
e a vitória de mais uma embriaguez.

Sabe o que eu queria da vida?
amar sem ser amado
sentir
querer
perder a linha quando te ver.

Sabe o que eu queria da vida?
viver pouco
sonhar muito
ler poemas
e dançar um pouco mais.

Sabe o que eu quero da vida?
uma cama branca
um pijama branco
a barba feita
e um cobertor feito de eternidade.

Sabe o que eu tenho da vida?
uma memória falha
um sentido turvo
e a ausência de mim
em cada garrafa vazia.

Gabriel Ferreira Autor Gabriel Ferreira MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE