POESIAS

VOLTAR

Amar é estar vivo

Eu não sou santo
Nem tão pouco quero ser
Sei que eu apronto
E às vezes causo pranto
Mas é a arte de viver
Quero ter uma vida regrada
Com pitadas de adrenalina
Desejo amar e ser amado
Ter um novo amor a cada esquina
Quantas bocas eu possa beijar
Sentir prazer e o sabor
O beijo é uma porta para pecar
De língua, de lábios, de dentes.
De sentimentos, de raiva, de gente.
Que me faz um profundo conhecedor
Elogios, palavras feitas de um dicionário.
Meu olhar nocivo e inofensivo
Ver o medo como seu maior adversário
Por isso eu digo
Amar é estar vivo
Dona morte eu fico
Eu prefiro correr os riscos
Pois aprender a amar é preciso




Joel Sena Autor Joel Sena MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE