POESIAS

VOLTAR

ViVa a PoEsIA


Não há canto, sem encanto.
À noitinha, o vento ainda lambe os arranha-céus da cidade em ebulição.
Os homens que voltam à casa em letargia.
As crianças largadas no estacionamento da mansão.
O mundo tem o seu preço!

Adormece neste tom.
Não é a panacéia a nos iludir
Nem a fênix adormecida no carvão.

Mas se o meu canto não te alenta
É porque o teu sorriso enferrujou.
Lança então ao vento a cortina do tempo
Vem pra perto serenamente,
E abraça esta causa: ) Pausa :) E ViVa a PoEsia!

LUCAS RODRIGUES

Lucas Rodrigues Autor Lucas Rodrigues MEU PERFIL
ENVIE POR E-MAIL
DENUNCIE